Festa de São Lucas Evangelista

É dia de festa na Igreja, principalmente porque é dia de um Santo que foi um dos 4 (quatro) Evangelistas e também escreveu os Atos dos Apóstolos, porém, não foi um dos 12 apóstolos de Jesus e também não o conheceu pessoalmente.

O próprio São Lucas no início de seu evangelho capítulo 1 nos versículos 1 a 4, assim escreveu “ Muitos empreenderam compor uma história dos acontecimentos que se realizaram entre nós, como no-los transmitiram aqueles que foram desde o princípio testemunhas oculares e que se tornaram ministros da palavra.

Também a mim me pareceu bem, depois de haver diligentemente investigado tudo desde o princípio, escrevê-los para ti segundo a ordem, excelentíssimo Teófilo para que conheças a solidez daqueles ensinamentos que tens recebido. Assim como Teófilo, São Lucas foi um dos seguidores de Paulo.

Como médico tratou das enfermidades de Paulo, que durante estes contatos Paulo o converteu ao Cristianismo. Sua mudança de vida aconteceu durante a época do Imperador Cláudio (aproximadamente 42 d. C.), que o dispensou do cuidado aos enfermos da região de Tebas em Beócia. Foi neste momento que encontrou-se com o Apóstolo Paulo, cujas palavras eloquentes o convenceram a seguir a verdade de Jesus.

Sua vida apostólica foi exuberante, como seguidor de Paulo e evangelizador no mundo pagão que ele conhecia muito bem. Você pode conhecer também um pouco da vida de São Lucas no site de nossa paróquia. Lucas enfatiza a misericórdia e o amor de Deus para com a humanidade. Ele é o único que descreve a parábola da ovelha desgarrada, do Bom Samaritano, do filho pródigo, de Dives e Lázaro. Ele é também o único que descreve o perdão de Jesus a Maria Madalena (Lc 7,47), a promessa ao bom ladrão e sua oração para seus executores. Ele é também o único evangelista a registrar a “Ave Maria”, o “Magnificat”, o “Benedictus”, e o “Nunc Dimittis” que são todos usados na Liturgia das Horas(orações da noite, tarde e manhã).

Lucas enfatiza o chamado para a oração, a pobreza, a pureza de coração, o quais teriam um apelo especifico aos gentios. Gostaríamos de destacar este ano também, que São Lucas era também pintor e teve uma proximidade muito grande com Nossa Senhora. De acordo com a Igreja Católica Ortodoxa Grega, São Lucas sempre andava com uma pintura de Nossa Senhora com ele, e ela foi o instrumento de varias conversões.

Na verdade ele foi um grande artista e grande escritor, e suas narrativas inspiraram grandes escritores e grandes mestres da arte, mas as pinturas existente da Virgem, as quais é dito que ele teria pintado, são trabalhos de datas bem mais recentes. Não obstante alguns julgam que a pintura de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro teria sido pintada por ele.

Com isto, poderíamos afirmar ao olhar para a Imagem de Nossa Senhora do Perpétuo
Socorro, estaríamos vendo o retrato mais fiel de Nossa Senhora.

Há incerteza, igualmente, sobre as circunstâncias de sua morte; segundo alguns, teria sido martirizado, vítima da perseguição dos romanos ao cristianismo; segundo outros morreu de morte natural em idade avançada. Tampouco se sabe ao certo onde foi sepultado e onde repousam seus restos mortais.

Na versão mais provável e aceita pela Igreja Católica, seus despojos encontram-se em Pádua, na Itália, onde há um jazigo com o seu nome, que é visitado pelos peregrinos. Que possamos neste dia santo, dedicado à São Lucas, pedir por sua intercessão e pedir também que nos ajude a ter tamanha fé em Cristo e de ser um seguidor fiel.

São Lucas, rogai por nós

Fonte: Canção Nova, Cléofas
Por Jair Ortega

Compartilhe: