O CASAL CRISTÃO NA PANDEMIA

Como casal cristão nosso local é na Igreja, na casa do Pai e ficamos felizes por poder estar na igreja para fazer essa palestra. Estávamos na comunidade Nossa Senhora da Gruta e na presença do Senhor. Relembramos na oportunidade as homilias do nosso Pároco, Padre Ubirajara, sobre o Bom Pastor “como as ovelhas o conheciam por sua voz e atendiam ao seu chamado”. Então como casais cristãos, devemos estar atentos, ouvir e seguir a voz do nosso pastor… E na outra homilia que falava sobre Jesus “que ia ao encontro dos discípulos sobre as águas” ele nos falava que “o medo é um instinto natural do ser humano e é bom para evitar que nos coloquemos em situação de risco”, então o medo prudencial é bom. O problema é quando transformamos este medo em paranoia… E essa paranoia tem feito muitas pessoas se afastarem da igreja e se afastarem de Deus. Quanto mais nos afastamos de Deus ou o transformamos num personagem de alguma história, corremos o grande risco de perdermos a fé! 

Jesus é aquele que caminhou sobre as águas, e o mesmo que realizou o milagre da multiplicação dos pães. Assim, questionamos, contra o que o Senhor não é capaz? 

Para os que não são católicos ou que não professam a nossa fé, é até compreensível esta dúvida. Agora entre nós Cristãos Católicos é muito estranho não crermos no poder do nosso Senhor. A palavra mais importante da passagem daquele dia foi – SOU EU, NÃO TENHAS MEDO! 

Quando colocamos o medo, que nos paralisa, de lado e colocamos Deus, no seu devido lugar, Deus vai dando as alternativas e as saídas. O Espírito Santo é um Espírito de Graça, é um Espírito que vai criando e se renova a cada geração. Ele não é um Espírito de Paranoia. É um Espírito de Assertividade, 

Ele age na medida certa!

Ao invertermos a palavra SOU EU, temos EU SOU… É CRISTO! Por isso, NÃO DEVERÍAMOS TER MEDO. Cristo nunca nos enganou e várias vezes nos alertou de que no mundo nós viveríamos tribulações. Em João 16,33 somente para exemplificar temos:- No mundo havereis de ter tribulações. Coragem. Eu venci o mundo. Fomos pesquisar e vimos que as tribulações nunca pararam no mundo. Sempre estamos às voltas com algumas delas. De 1914 para cá, tivemos:-1A. GUERRA MUNDIAL / CRISE DA BOLSA DE VALORES DE NY / HITLER – CHANCELER ALEMANHA – INICIO NAZISMO / INTENTONA COMUNISCA NO BRASIL /GUERRA CIVIL ESPANHOLA / 2A. GUERRA MUNDIAL / BOMBAS ATÔMICAS – NAGASAKI E HIROSHIMA / REVOLUÇÃO CHINESA / GUERRA COREIA / REVOLUÇÃO CUBANA/ GUERRA VIETNÃ / ATAQUE – 11.09 AS TORRES GÊMEAS / INVASÃO IRAQUE/ CONFLITOS E ATENTADOS CONTRA RÚSSIA / GUERRA RUSSO GEORGIANA / GUERRA CIVIL LÍBIA / GUERRA CIVIL SÍRIA / GUERRA CIVIL / CRISE SEPARATISTA EM CAMARÕES / GUERRA EM CATATUMBO – (COLÔMBIA X VENEZUELA) / CRISE GOLFO PÉRSICO E ENCERRANDO EM 2020 – CONFLITOS ENTRE A ÍNDIA E A CHINA. Se levarmos em consideração as doenças, epidemias e pandemias no mundo, Já tivemos:- PESTE NEGRA – 1333 – 1351 – 18 ANOS – 50 MILHÕES DE MORTOS / CÓLERA – 1817 – 1824 – 7 ANOS – CENTENA DE MILHÕES DE MORTOS / TUBERCULOSE – 1850-1950 – 100 ANOS – 1 BILHÃO MORTOS / VARÍOLA – 1896 – 1980 – 84 ANOS – 300 MILHÕES DE MORTOS / GRIPE ESPANHOLA – 1918-1919 – 1 ANO – 20 MILHÕES MORTOS / TIFO – 1918-1922 – 4 ANOS – 3 MILHÕES MORTOS / FEBRE AMARELA – 1960-1962 – 2 ANOS – ETIÓPIA – 30.000 MORTOS / SARAMPO – 6 MILHÕES DE MORTES POR ANO – ATÉ 1963 / MALÁRIA – 3 MILHÕES DE MORTES POR ANO DESDE 1980 / AIDS – 22 MILHÕES DE MORTOS – DESDE 1981 / 2002 – SARS-COV 1- SÍNDROME RESPIRATÓRIA AGUDA – LETALIDADE DE 9,5% / DEPOIS NO ORIENTE MÉDIO – MERS-COV / 2013-2016 – ÉBOLASARS-COV2 -e chegamos ao COVID 19 – 7º MEMBRO DA FAMÍLIA SARS-COV que vitimou aproximadamente 400 mil pessoas até o momento com uma LETALIDADE DE 3 – 4%. 

Não nos recordamos de termos vivido em nenhuma destas tribulações o que temos vivido nesta Pandemia. 

Tudo isto acima pode ser discutido, podemos ter posições diferentes ou contrárias, mas duas certezas nós temos como Cristãos e com certeza não tem como negar. A primeira delas é que nascemos pelo Amor de Deus e temos nesta terra uma missão. Se você não sabe ainda para o que veio neste mundo ou qual seja sua missão, vamos te revelar: VIEMOS AO MUNDO PARA CONHECER CRISTO, AMÁ-LO, ADORÁ-LO E SERVI-LO. E é isto que devemos seguir como Cristãos.

Outra certeza é que morreremos e não sabemos nem o dia, nem o motivo e nem como. Há outras duas certezas:- Ao morrermos, iremos ou para o céu ou para o inferno. Como cristãos sabemos que o céu é reservado aos Santos (local do convívio dos eleitos). O Inferno com certeza é o lugar destinado àqueles que não quiseram, amar, adorar e servir ao Senhor e fizeram isto por sua vontade própria, não aceitando em nenhum momento da vida o fato de ser pecador e em nenhum momento buscou através da confissão o arrependimento para receber o Amor e a Misericórdia de Deus. Somos livres para escolher, o famoso livre arbítrio que o Senhor nos deu e não nos tirará. Como vivemos neste mundo e sendo pecadores, dificilmente chegaremos à santidade. Como chegar ao céu então? Pela graça e misericórdia de Deus, se estivermos ao menos no caminho da santidade, temos o Purgatório para finalizarmos nosso processo de purificação e alcançar a Salvação. A Salvação é para todos e Cristo morreu na cruz e pagou por todos os nossos pecados, mas é necessário que nós aceitemos esta Salvação oferecida na Cruz. O inferno é certo também aos que estão em pecado mortal e sem arrependimento. 

Os pecados mortais estão ligados ao não cumprimento dos 10 Mandamentos. No purgatório, entram as almas que estão em pecado, porém, pecados veniais não ligados aos mandamentos. Quanto mais avançado estivermos no caminho da santidade aqui na terra, mais próximos estaremos do céu. Quanto mais distante neste caminho da santidade, mais longe e mais tempo no purgatório passaremos. Vale lembrar que no purgatório, não podemos orar por nós. Precisamos de pessoas aqui nesta terra que orem e intercedam por nossas almas. Madre Tereza de Calcutá dizia que a maior dor da alma é não se sentir amado. Nossa vida é uma bênção, porque fomos desejados e amados por Deus. Precisamos aceitar livremente este Amor. 

Como nos livramos então dos pecados cometidos? Através de um bom exame de consciência, de uma verdadeira confissão e arrependimento dos pecados e o desejo de não mais cometê-los. Relembrem os 10 mandamentos e veja se é fácil uma vida sem pecados. Outro aspecto importante na vida do casal cristão é a oração. Sempre foi a maior arma do Cristão. Na oração estão implícitas duas coisas ORAR E AGIR (ORAR E AÇÃO). Exemplo – Se uma pessoa passa fome ou dificuldade financeira, podemos, através de nossas orações clamar a Deus forças para que a pessoa passe por este momento com paz no coração, sabedoria para poder administrar a situação. Deus, no entanto, não enviará o dinheiro ou o alimento do céu. Precisamos agir indo ao encontro do irmão, levando um prato de comida, uma cesta básica, ajudá-lo no pagamento de contas essenciais, etc… Somos nós que sensibilizados pela situação do irmão, procuramos ajudá-lo no necessário. 

O restante Deus fará. Ser solidário é importante e fazer parte de uma pastoral, como a da Caridade em nossa paróquia, faz toda a diferença. Quantas entidades e quantas famílias não são atendidas todo o mês. Importante lembrar que tudo é possível, porque do outro lado da Pastoral da Caridade, há pessoas caridosas, que chamamos de benfeitores que doam o que precisamos para distribuir. Ser um casal cristão numa pandemia é muito mais do que imaginamos. Somos pecadores, mas ao mesmo tempo, quando oramos e intercedemos ou agimos em favor dos mais necessitados, Deus se alegra, age em nós e somos instrumentos nas suas mãos. Queria voltar ao assunto medo, dizendo que o maior medo que um cristão deveria ter, portanto, não é o de morrer (seja de Covid ou de qualquer outra doença) e sim morrer em pecado mortal e perder o céu. Tudo o mais passa a não ter nenhuma outra importância. Um casal cristão não fica ligado em televisão, em telenovela, em BBB´s . 

O casal cristão ocupa o seu tempo para conhecer melhor o seu Senhor e como fazer para Servi-lo. Nesta pandemia muitas notícias e muitas coisas são utilizadas com fins políticos e objetivos muito claros que estão longe de ser uma preocupação com nossas Vidas. Se tivessem preocupados de verdade com nossas vidas, adotariam medidas diferentes das adotadas de somente lockdown. Tratamentos preventivos, exames mais frequentes, acompanhamento pessoal de doentes e tantos outros fatos que se mostram muito eficazes no combate ao Covid. 

Veja depoimentos por exemplo da Dra. Raisa Soares de Porto Seguro. Ela foi a que solicitou remédios para nosso Presidente e quando os recebeu foi demitida do seu cargo. Continuou seu trabalho e hoje é a Secretaria Municipal de Saúde de Porto Seguro e com resultados excelentes e de verdade salvando vidas. Uma entrevista dela para o jornalista Fernando Beteti, que está na Internet pelo youtube ( que recomendo que assistam) mostram que é possível controlar a doença e curar as pessoas. 

O que querem de nós neste mundo, nós já sabemos. Aqui é lugar de tribulação. Mas como cristãos, sabemos que estamos aqui de passagem e temos que nos preparar para o lugar que Cristo reservou para cada um de nós. Para um casal Cristão, só existe um caminho, aliás O Caminho, que é Cristo, que além tudo também é Verdade e Vida. Eu e a Rita no começo de tudo, como tantos, passamos por momentos de medo. Chegamos ao ponto de negar a entrada em nossa casa de irmãos que nos levavam a Eucaristia. Daquele dia em diante, fizemos uma revisão em toda nossa vida e passamos a agir de forma diferente. Somos da área de risco, temos comorbidades, não abusamos, mas não deixamos de participar da Santa Missa. Não deixamos de ter o convívio com nossas filhas, netas e genros. 

Se pegarmos a Covid19, temos certeza absoluta que Deus estará conosco e nas nossas orações é isso que pedimos forças Dele para superarmos qualquer que seja o momento ou a tribulação. Se morrermos de Covid19, que estejamos com nossa alma preparada para o Encontro com o Senhor. Para isto, todo dia nossa luta é contra o pecado e também buscarmos na confissão o arrependimento. Deus é misericordioso e quer a todos. Precisamos aceitá-lo.

Que Deus nos proteja e que Deus nos conduza. Que um dia, sejamos dignos de pertencer ao Convívio dos Eleitos. É promessa do Senhor. Em João 3,16, temos:- Deus amou tanto o mundo, que deu seu Filho único para que todo o que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. 

Louvado seja sempre o Nosso Senhor Jesus Cristo

Para Sempre seja Louvado. 

Fiquem em Deus sempre

Jair e Rita Ortega


Compartilhe: