São Mateus – Apóstolo

Mateus foi um dos 12 que foram chamados para formarem a primeira comunidade de Cristo na Terra. Eu tento imaginar lendo o Evangelho de Mateus no capítulo 9 à partir do versículo 9, a cena que se discorreu em Cafarnaum. Levi, seu nome de batismo antes da conversão, estava sentado na coletoria de impostos. Jesus o vi e o texto diz que disse-lhe:

“Segue-me!”

O texto continua dizendo que então Levi se levantou e seguiu Jesus. Com certeza na minha e na sua cabeça fica uma grande interrogação? Como assim: Jesus chamou e Levi aceitou sem que nunca havia visto Jesus. Como aceitou seguir? O que de verdade passou naquele Encontro. Eu me recordei do Encontro que eu fiz com Cristo no ECC (Encontro de Casais com Cristo) em São Paulo. Era o ano 2000 no mês de agosto e de verdade tive um Encontro com Cristo que não também não consigo explicar porque eu decidi Seguí-lo.

Mas eu entendi que sem Cristo na minha vida, nada eu seria. E passei a seguí-lo conhecendo. E servindo-O. Na continuidade do texto de São Mateus, diz que Jesus estava à mesa na casa de Mateus e estavam lá muitos cobradores de impostos e pecadores e os fariseus vendo a cena, questionaram aos discípulos:

“Por que vosso Mestre come com os cobradores de impostos e pecadores?” Jesus mesmo respondeu: “Aqueles que tem saúde não precisam de médico, mas sim os doentes. De fato Eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores.”

Aí eu entendi porque no ano de 2000 eu fui chamado por Cristo para fazer o ECC. Eu era um grande pecador. Hoje continuo sendo pecador, mas creio que após o meu encontro com Cristo, os meus pecados são menores e o meu serviço à Cristo maior. Cristo não mudou o meu nome, como mudou o de Levi para Mateus (que significa “Dom de Deus” ou “Presente de Deus”), mas mudou a minha vida concedendo-me Dons e sendo um grande Presente na minha vida. Mateus é um Santo da Igreja. Eu, estou distante, mas luto todo dia contra o pecado e procuro todo dia também ouvir a Deus e procuro estar no caminho da santidade. É uma luta diária, assim como, foi para os apóstolos e para Mateus uma luta para seguir Jesus.

Muitos ainda são chamados, poucos são escolhidos e poucos atendem ao chamado de Jesus. Aqui está a grande diferença de Mateus em relação aos demais. Apenas ouviu as palavras “Segue-me”, largou tudo e seguiu. Que mistério está escondido no pronunciar de Jesus e no ouvir de Mateus. Afinal de contas, era largar uma vida ligada ao dinheiro para poder servir na mais perfeita pobreza:- a proclamação da mensagem cristã!

O Mistério está no olhar e no amor Daquele que pela misericórdia o tocou. E o fez no silêncio e com discrição. São Mateus morreu na Etiópia, apedrejado, queimado e decapitado. Suas relíquias teriam sido transportadas para Paestum. Depois, essas relíquias foram levadas para a cidade italiana de Salerno, onde até hoje se encontram e são consideradas pelos mais crentes como verdadeiramente do santo. A Igreja Romana celebra sua festa em 21 de setembro, e a grega em 16 de novembro. Seu símbolo como Evangelista é um anjo.

São Mateus, rogai por nós!

Fonte: Testemunho Pessoal
Por Jair Ortega

Compartilhe: