Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016 – “Casa Comum, Nossa Responsabilidade”

Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016 – “Casa Comum, Nossa Responsabilidade” – “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”

Foi lançada hoje, dia 10 de fevereiro, pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic) a Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016. O tema escolhido foi “Casa Comum, Nossa Responsabilidade” e o lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”. Este ano, o foco da campanha será no saneamento básico, no desenvolvimento, na saúde integral e na qualidade de vida.

Sabemos que no Brasil uma grande parte da população não possui condições básicas de saúde. De acordo com o Conic, o país possui mais de 100 milhões de pessoas sem saneamento básico. Tendo em vista esse dado, Dom Francisco Biasin, bispo de Barra do Piraí-Volta Redonda (RJ) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-Religioso da CNBB, ressalta:

“O objetivo, portanto, da Campanha da Fraternidade Ecumênica é assegurar o direito ao saneamento básico para todas as pessoas, sobretudo os últimos e os pequenos, a partir da nossa fé, para favorecer políticas públicas e atitudes responsáveis que garantam a integridade e o futuro da casa comum que é a natureza, a terra onde nós vivemos”.

Campanhas Ecumênicas

A primeira Campanha da Fraternidade Ecumênica foi realizada em 2000, com o tema “Dignidade humana e paz” e lema “Novo milênio sem exclusões”. A segunda, em 2005, abordou “Solidariedade e Paz” e “Felizes os que promovem a paz”. A Campanha de 2010 tratou da “Economia e Vida”, a partir do lema “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro”.

Banner da campanha:

cf2016_cartaz


Compartilhe: