DIA DA PADROEIRA NOSSA SENHORA DE LOURDES

“O coração da mãe é imenso: maior que o cosmos visível e invisível!”(Papa João Paulo II, em sua homilia em Fátima, no dia 17 de junho de 1983).


Clique aqui para conferir a programação da Festa em 2018


Chegou o grande dia! Dia de celebrarmos a nossa padroeira! Dia de Nossa Senhora de Lourdes.

E chegamos neste dia 11/02/2017 revigorados pela linda semana que tivemos. Com início no dia 05/02, os paroquianos puderam participar de uma semana cheia de graças, de ensinamentos, de momentos especiais, enfim, de um “spa espiritual”, como diz nosso Pároco Padre Ubirajara. Como foi lindo e emocionante ver a participação de toda a comunidade, seja servindo, trabalhando ou participando com o coração em festa.

Cada dia desta semana vivenciamos um tema e tivemos o privilégio de recebermos diferentes padres para celebrarem conosco. Abaixo segue um resumo de cada dia desta semana:

05.02 – Missa de Abertura

Celebrada pelo Pe. Ubirajara, tivemos a benção das chaves dos veículos e a imagem da Virgem de Lourdes seguiu em carreata da Gruta até a Matriz.

Ah! Como curiosidade deste dia, a carreata contou com 165 carros! Quase 40 carros a mais que no ano passado. 🙂 

06.02 – Sufrágio das Almas – Missa pelas almas dos paroquianos falecidos

Na segunda-feira, quem veio celebrar conosco foi o Pe. Edileis. A equipe de liturgia da Paróquia Santa Rita, de Carapicuíba, na qual Padre Edileis é pároco, nos ajudou na acolhida, no canto, na liturgia e nos serviços ao altar com acólitos e coroinhas. Neste dia, também participou conosco, co-celebrando, o nosso Pároco Padre Ubirajara.

Celebramos esta Missa pelas almas dos paroquianos falecidos. As pessoas escreveram os nomes de amigos e familiares falecidos no livro de intenções que foi colocado sobre o altar. Para representar a todos os falecidos, tivemos as família das paroquianas Ruth e Flávia e também do Sr. Severino (pai do Pe. Ubirajara) recebendo as homenagens de nossa Paróquia.

07.02 – 300 anos de Nossa Senhora Aparecida – Missa em honra a Nossa Senhora Aparecida com entronização da sua imagem

Pároco da Paróquia Santo Antônio, de Carapicuíba, Pe. Diego Martins celebrou conosco o terceiro dia da semana.

Nesta Missa tivemos a honra de entronizar a imagem de Nossa Senhora Aparecida, já recordando este ano Mariano no qual celebramos os 300 anos da aparição de sua imagem no rio Paraíba do Sul no ano de 1717.

Neste dia as crianças da catequese fizeram a coroação de Nossa Senhora.

08.02 – Nossa Senhora Mãe dos Pobres – Missa em memória litúrgica do Beato Pier Giorgio Frassati e de Santa Josefina Bakhita e entronização da sua relíquia

Pe. Marcos Funchal, Pároco da Paróquia São José, de Osasco, presidiu esta Missa em memória litúrgica de Santa Josefina Backita com a entronização de sua relíquia junto ao quadro do Beato Pier Giorgio Frassati.

Santa Josefina Bakhita se destacou pela piedade e amor a Cristo e à Eucaristia, também pelo serviço social pelos demais pobres e desamparados, o que fez com que ficasse conhecida com o apelido em vêneto (língua românica) de “Madre Morèta” (Mãe Moreninha).

Patrono da Pastoral da Caridade de nossa Paróquia, Pier Giorgio Frassati dedicou-se desde muito novo às várias obras sociais, de caridade e religiosas. Uma da suas máximas de vida era:

A Caridade não é suficiente: precisamos de reformas sociais”.

Neste dia, lançamos uma campanha para arrecadar 1 tonelada de alimentos até na Missa de encerramento no domingo a noite, para que a Pastoral da Caridade possa distribuir a quem precisa.

09.02 – Nossa Senhora Mãe das Famílias – Missa Votiva pelas famílias, com benção geral e renovação das promessas do Matrimônio

A missa votiva pelas famílias, com bênção geral e renovação das promessas do matrimônio foi celebrada pelo Pe. Odair, Pároco da Paróquia Imaculada Conceição, de Osasco.

Além da renovação das promessas tivemos também a benção das chaves dos lares e dos carros.

10.02 – “Eu Sou a Imaculada Conceição” – Missa Votiva à Imaculada Conceição, com renovação das promessas Batismais e benção da água de Nossa Senhora de Lourdes

Neste dia 10/02, recebemos na matriz o Pároco da Paróquia São Pedro e São Paulo de Carapicuíba, Padre Carlos Eduardo. Com ele vieram para abrilhantar ainda mais a nossa noite o grupo de canto, leitores, acólitos e coroinhas.

Foi uma missa muito especial, pois pudemos renovar as promessas do nosso batismo, abençoar as águas e receber a absolvição geral de nossos pecados para bem podermos celebrar o dia de Nossa Padroeira.

Neste dia também tivemos o início das barraqinhas de comes e bebes. 


DEPOIMENTOS DE PAROQUIANOS SOBRE A SEMANA DA PADROEIRA

“Essa novena de Nossa Senhora de Lourdes está sendo para minha vida um grande sinal do amor de Deus! Que oportunidade que estamos tendo de a cada dia receber um padre diferente com ensinamentos tão ricos que nos levam a cada vez mais o desejo de ganharmos o céu. O grande presente de ver a doçura das crianças em coroar Nossa Senhora Aparecida, o presente de receber as imagens e relíquias de Santa Bakita e do Beato Píer George Frassatti. Tudo isso em uma semana abençoada! Só tenho a agradecer a todos que prepararam essa novena, que se dedicaram com tanto carinho, levando a comunidade a cada dia ter uma surpresa especial. Fico muito feliz em ser católica quando vejo todos de nossa comunidade unidos e fazendo a vontade de Deus acontecer”. – Luciane Simonini – Pastoral da Caridade.

Claudia Doro.


Silvia Risso – Pastoral da Saúde e Ministério da Eucaristia.


Nilceia Morgato.


Gláucia Cristina de Faria – Grupo de Oração e Renovação Carismática Católica.


CONHEÇA UM POUCO MAIS SOBRE A HISTÓRIA DE NOSSA SENHORA DE LOURDES

Na então aldeia de Lourdes, região francesa dos Altos Pirineus, em 11 de fevereiro de 1858, a jovem Bernadette Soubirous, indo apanhar lenha às margens do rio Gave, viu na reentrância de um rochedo, pela primeira vez, a Virgem Maria. Essa primeira aparição foi seguida de outras 17.

Em uma das aparições, a Virgem pediu que ali se construísse uma igreja; em outra ocasião, fez brotar, na rocha, por meio das mãos de Bernadette, fonte de água cristalina e considerada milagrosa, que ali corre desde então. As curas obtidas através do uso da água levaram, em 1862, o bispo de Tarbes a autorizar o culto a Nossa Senhora de Lourdes. O Santuário de Lourdes é um dos mais importantes centros de peregrinação da Cristandade Católica.

Mais sobre a história da Aparição em Lourdes você encontra aqui.

Por Gabriela R. C. dos Santos Buzon

Compartilhe: