Em junho, Papa reza por refugiados e vocação religiosa

Foto: L’Osservatore Romano

Francisco pede mais acolhimento para imigrantes e refugiados, além de rezar pela vocação ao sacerdócio e à vida consagrada.

Imigrantes, refugiados, sacerdotes e religiosos estão nas intenções de oração do Papa Francisco para o mês de junho, que começa nesta segunda-feira, 1º.

Na intenção geral, o Santo Padre pede que os imigrantes e refugiados sejam acolhidos e respeitados nos países onde chegam. Esse apelo já ecoou em vários momentos de seu pontificado, inclusive na mensagem que ele escreveu para o Dia Mundial do Migrante e Refugiado em 2015, celebrado em 18 de janeiro.

“À globalização do fenômeno migratório é preciso responder com a globalização da caridade e da cooperação, a fim de se humanizar as condições dos migrantes. Ao mesmo tempo, é preciso intensificar os esforços para criar as condições aptas a garantirem uma progressiva diminuição das razões que impelem populações inteiras a deixar a sua terra natal”.

Vocações

Já na intenção pela evangelização, Francisco reza pela vocação ao sacerdócio e à vida consagrada. “Para que o encontro pessoal com Jesus suscite em muitos jovens o desejo de Lhe oferecerem a própria vida no sacerdócio ou na vida consagrada”.

As intenções de oração do Papa são confiadas, todos os anos, ao Apostolado de Oração. Em todo o mundo, fiéis seguem essa iniciativa e rezam com o Santo Padre pelas intenções propostas.

Fonte: cancaonova.com

Compartilhe: