Ministros

Ministros Extraordinários são cristãos leigos (não-ordenados) que em virtude dos sacramentos do Batismo e da Crisma, e da variedade de carismas que apresentam, são convidados a colaborar na missão evangelizadora da Igreja, auxiliando o Pároco no exercício de suas atividades eclesiais na comunidade e na sociedade atual, atuando em caráter de suplência.

– Ministros da Palavra: auxiliam presidindo Celebrações da Palavra dominicais ou durante a semana;
– Ministros do Batismo: auxiliam presidindo Celebrações de Batizados,
– Testemunha Qualificada para o Matrimônio: eventualmente preside Celebrações de Casamentos
– Ministros da Comunhão Eucarística: auxiliam na distribuição da Sagrada Comunhão nas Missas e Celebrações da Palavra e, adicionalmente, levam-na a enfermos de nossa comunidade que se encontram impossibilitados de participarem das Missas;

– A Pastoral das Exéquias é a ação pastoral da Igreja; Presença amiga, fraterna e solidária junto àqueles que passam por um momento de dor com a perda de um ente querido. Apresenta súplicas para os defuntos e ao mesmo tempo dá aos vivos o consolo da esperança, lembrando que a vida cristã não está limitada à realidade terrena. O Senhor Ressuscitado é o modelo perfeito da nossa realidade futura, o que nos anima na superação deste momento (cf. Jo11,25 Rm 6,4 Ef 2,6 Cl 3,1 2 Tm 2,11).

Em nossa Paróquia, todos os Ministros Extraordinários participam frequentemente tanto de reuniões e formações gerais ou específicas assessoradas pelo Pároco ou por alguém indicado por ele, quanto das atividades organizadas Região Pastoral tais como Retiro Anual de Ministros Extraordinários e Semana dos Ministérios. Desta forma, estão constantemente aprendendo ou se atualizando para que o exercido do ministério atenda adequadamente às orientações da Igreja e do bispo diocesano. Com esta mesma preocupação e levando em consideração:

1) o caráter temporário que é inerente ao Ministro Extraordinário e;
2) a proximidade da data de Renovação dos Ministérios.

Compartilhe: